> > > Residência GSM

Residência GSM

Residência GSM
Implantada em um terreno de, aproximadamente, 8 mil m² com declive acentuado, a residência GSM foi o primeiro projeto realizado pelos arquitetos do Jacobsen Arquitetura em San Sebastián, norte da Espanha Foto/Imagem:Divulgação Jacobsen Arquitetur

Residência GSM

Implantada em um terreno poligonal de, aproximadamente, 8 mil m² com declive acentuado, a Residência GSM foi o primeiro projeto realizado pelos arquitetos do Jacobsen Arquitetura em San Sebastián, norte da Espanha.

Para este trabalho, a ideia foi conciliar as particularidades do terreno aos desejos do cliente – que priorizava o aproveitamento das melhores vistas do entorno. Outra prerrogativa era buscar a melhor orientação solar para cada ambiente, considerando que o clima temperado da região se caracteriza pela ocorrência de muita chuva e umidade e por temperaturas amenas no verão e no inverno.

Daí surgiu uma arquitetura topográfica que se integra à paisagem de forma respeitosa. A construção estabelece uma transição entre os dois planos criados no terreno. A entrada ocorre pelo nível mais elevado do lote, onde também foram alocados o escritório e as áreas privativas. Sob a proteção de um painel ripado de madeira, um corredor conecta o corpo principal da residência à suíte máster e ao quarto de hóspedes mais reservados. Em um volume externo no mesmo patamar encontra-se o acesso de automóveis, garagem e dependências de serviço.

Descendo alguns lances de escada, chega-se ao pavimento térreo, onde estão dispostas as áreas sociais. O restante do programa foi distribuído transversalmente ao eixo principal da residência. A leste, estão a sala de jantar e a cozinha. A oeste, encontra-se um spa com piscina coberta, academia, sauna e mais um quarto para visitas.

A integração da construção com o exterior é muito clara, mesmo com parte considerável dos ambientes implantada em volumes semienterrados. Muito disso se deve ao uso dos painéis de vidro que contornam o perímetro da edificação. Também contribuem para o resultado a especificação dos materiais e sua articulação com os elementos construtivos. Destaque para os muros de pedra em contraste com a esbelteza da laje de cobertura, bem como para os brises móveis com acabamento em madeira, que adicionam proteção aos ambientes e dinamismo à fachada. “A abordagem contextualista, privilegiando a adequabilidade da arquitetura às condições do lugar, contribui para a dissolução do edifício na paisagem. Tanto que, às vezes, a casa chega a ser confundida com uma construção de apenas um pavimento”, analisam Paulo e Bernardo Jacobsen.

O prolongamento dos generosos beirais permitiu enfatizar a horizontalidade almejada pelos arquitetos. Ele também cria um balanço generoso que projeta a residência em direção ao horizonte.

Veja outros projetos residenciais na Galeria da Arquitetura:

Casa B, por AR Arquitetos

Casa da Mata, por Departamento de Arquitetura

Residencial Bourgainville II, por Solange Cálio Arquitetos

Escritório

Jacobsen Arquitetura16 projeto(s)

Local: PA, Espanha
Área do terreno: 8.000

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo