> > > Floris

Floris

Floris
Com 790 m² de área construída, o Floris é a ampliação de um hotel em Tirol, na Itália. Desta vez, o desafio do noa* (network of architecture) foi executar o complexo projeto sem deixar de lado a tradição Foto/Imagem:Alex Filz

Ninho serrano

Há muitos anos, os quartos aconchegantes do Parc Hotel Florian oferecem uma experiência de férias perfeitas. Situado no pé da vila de Siusi allo Sciliar, no sul de Tirol (Itália), o local de repouso tem o privilégio de ser abraçado por um amplo parque de árvores centenárias, um lago natural e uma piscina ao ar livre.

Apesar de exuberante, a estrutura da hospedaria ainda poderia ser complementada. Então, a convite da tradicional família proprietária, os arquitetos do noa* ampliaram o complexo com dez novas suítes em um edifício autônomo, que se conecta à estrutura existente, proporcionando sensação de continuidade e uma perspectiva com linguagem arquitetônica distinta.

A tarefa de aprimorar o design e a funcionalidade do empreendimento foi, certamente, um desafio para a equipe. A situação de construção era complexa. De um lado, a tradição do Parc Hotel Florian tinha de ser preservada da melhor forma. De outro, os arredores imediatos, como residências unifamiliares adjacentes, estacionamento e as próprias dependências do hotel demandaram um canteiro de obras com intervenções relativamente grandes, que exigiram muito tato, sensibilidade e equilíbrio.

No início, a ideia era desanexar o prédio de novas suítes do local original para deixar o terreno intocado e ocupar o mínimo de espaço possível, portanto, uma construção no nível do solo teria resultado na perda de uma parte considerável do terreno. Além disso, a ideia não era apenas uma fileira de quartos, mas um agrupamento ordenado de construções tipo “casa na árvore” elevadas em suporte de três metros de altura, deixando o espaço embaixo totalmente acessível.

A decoração foi projetada em torno de um verde suave intercalado com tons de cinza, contribuindo para a proposta do ambiente Foto: Alex Filz

O conceito tomou forma até chegar nas  Floris Green Suites: ao final da passarela de ligação que compõe a espinha dorsal do novo anexo, está a estrutura de dois andares que abriga as unidades com cinco suítes em cada andar, todas com vista para o parque.

A fim de tornar o complexo arquitetônico ainda mais dinâmico, os quartos foram colocados um acima do outro em um leve ângulo diagonal, criando a impressão de uma estrutura natural que preserva o olhar para o horizonte.

O resultado da obra foi alcançado com êxito. Apesar da abertura arquitetônica, a aparência de todo o edifício é preservada, uma vez que se aninha na paisagem do parque. Com base ancorada, fachada frontal de vidro e revestimento de madeira que confere um grau de tranquilidade uniforme, o conjunto aliado ao projeto de interiores superintimista confere aos hóspedes a sensação proteção e conforto de suas próprias casas.

A decoração foi projetada em torno de um verde suave intercalado com tons de cinza, contribuindo para a proposta do ambiente. Na origem do conceito geral estão as coberturas de tecido, azulejos e superfícies pintadas, que ajudam a fundir o interior e o exterior. O piso de carvalho fumado, acessórios e elementos de banheiro em um tom contido de preto misturam-se harmoniosamente.

Escritório

noa* (network of architecture)15 projeto(s)

Local: BO, Itália
Início do projeto: 2020
Conclusão da obra: 2020
Área construída: 790

Tipo de obra:
Hotéis
Tipologia:
Lazer e Turismo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo