> > > Restaurante D´Autore

Restaurante D´Autore

Restaurante D´Autore
O Restaurante D’Autore alia arquitetura, sustentabilidade e gastronomia no projeto assinado pelo arquiteto Otto Felix Foto/Imagem:Denilson Machado – MCA Estúdio

Contemporaneidade gastronômica

Comandado pelo chef Laurent Hervé, o Restaurante D'Autore tem uma arquitetura que reflete a contemporaneidade dos pratos oferecidos em seu cardápio. Localizada no bairro de Cambuí, em Campinas (SP), a casa – que reúne sofisticação e aconchego – teve seu projeto arquitetônico assinado pelo arquiteto Otto Felix.

Tudo foi feito de modo bastante artesanal e autoral. Um ponto interessante do projeto é essa mistura do ‘feito à mão’ com as linhas retas contemporâneas, que evidenciam bem a geometria Otto Felix

A madeira sustentável é predominante em cada detalhe do espaço, que tem 424 m² de área e capacidade para 160 pessoas. O mobiliário – desenhado por Felix – e as paredes de cimento queimado e tijolos à vista expõem o conceito moderno do estabelecimento.

Retrofit amadeirado

O Restaurante D’Autore foi implantando em um imóvel antigo, que precisou ser reformulado para abrigar o requintado estabelecimento. Como a legislação não permitia demolição, foi necessário adequar e preservar alguns pontos, como as paredes e a metragem do espaço.

Segundo Felix, as paredes foram mantidas, soltando os pilares e vigas suspensos em relação a elas, formando duas estruturas dentro de uma. “Essa é uma técnica arquitetônica bem sofisticada e difícil de ser executada, porque você constrói sem tocar nas paredes já existentes”, revela. “Apesar do programa simples, pilares de vigas de madeira são difíceis de serem executados”, completa.

Usar a madeira como material predominante foi uma decisão tomada em conjunto com o cliente. A opção foi pela exótica Pequiá, original do Estado do Pará, que tem o interior consumido pelos cupins da floresta e, quando tratada, tem os traços conservados, deixando todas as vigas aparentes.

Ambientes artesanais

Os tijolos usados no revestimento das paredes foram tratados individualmente, cortados e picotados um por um, mantendo-se o rejunte. O arquiteto lembra de todo o cuidado tomado durante o manuseio das peças, desde a montagem até a estrutura. “Tudo foi feito de modo bastante artesanal e autoral. Um ponto interessante do projeto é essa mistura do ‘feito à mão’ com as linhas retas contemporâneas, que evidenciam bem a geometria”.

Além da madeira e do tijolo, outros materiais foram usados na reforma. O teto do salão e da cozinha é todo em gesso e o piso da varanda externa é de ladrilho hidráulico em três tonalidades diferentes: branco, cinza e preto.

Restaurante D´Autore - Contemporaneidade gastronômica
O salão conta com um ar-condicionado central com duto aparente, mas há também a possibilidade de abrir as portas da varanda e deixar a circulação de ar livre para os clientesFoto: Denilson Machado – MCA Estúdio

Todos os fechamentos são de vidro, o que confere transparência à fachada. “Quem passa pela calçada do D’Autore percebe toda a circulação interna, o salão de entrada, a escada de acesso vertical – que leva para a cozinha e os vestiários –, o salão superior e o corredor”, explica Felix.

Dentro do salão tem um ar-condicionado central com duto aparente, mas também manteve-se a possibilidade de abrir as portas da varanda e deixar a circulação de ar livre para os clientes.

Iluminação

Essa iluminação é mais usada durante o dia, já que não precisa de muita luz. Para a noite tem os trilhos com os spots, algo mais focal que ilumina o salão Otto Felix

O projeto de iluminação é de dois tipos, indireto e direto. De acordo com Feliz, a iluminação indireta está dentro da sanca de gesso, uma grelha quadriculada de estrutura aparente que deixa os pilares evidentes e as vigas demarcando todo o salão. Quando a indireta acende, ilumina a viga e toda a estrutura do edifício. “Essa iluminação é mais usada durante o dia, já que não precisa de muita luz. Para a noite tem os trilhos com os spots, algo mais focal que ilumina o salão”, conclui.

Mobiliário

Todo o mobiliário e itens de decoração são assinados pelo arquiteto Otto Felix, dos pés da mesa às as garrafas, quadros, obras de arte.

Ao entrar no Restaurante D’Autore, o cliente é recebido por uma adega que fica dentro de dois pilares. Feita exclusivamente para a casa, ela deixa o ambiente mais descontraído e elegante.

Objetos de arte sobressaem-se no ambiente e dão um charme especial ao projeto, como os feitos pela ceramista Cecilia Akemi. O quadro “O Grande Olho – Série Pavão”, da artista plástica Lara Matana, também chama a atenção dos clientes.

Escritório

Studio Felix5 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área do terreno: 424
Área construída: 409

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

    Slideshow Desenhos e plantas

    Ficha Técnica

    Exibir mais itens

    Receba gratuitamente os Boletins e
    Informativos da Galeria da Arquitetura.

    (55 11) 3879-7777

    Fale conosco Anuncie

    Outros produtos da e-Construmarket

    novidades fechar
    Receba o boletim da
    Galeria da Arquitetura
    veja um exemplo