> > > Casa TAM

Casa TAM

Casa TAM
Volumes de concreto, vidro e madeira conectados com a área de lazer deram origem à Casa TAM, localizada em Curitiba (PR). Seu projeto foi assinado pelo escritório MMA Studio Foto/Imagem:Celso Pilati

Composição harmônica

Implantada no canto do terreno com a área de lazer ao centro, a Casa TAM – de 878 m² – exibe um conjunto de volumes de linhas retas definidos por materiais naturais: madeira, concreto aparente e vidro. O projeto é de autoria do escritório MMA Studio.

Um dos pedidos dos proprietários foi que, de todos os ângulos da morada, fosse possível contemplar a paisagem de Curitiba (PR), e esse partido definiu o projeto arquitetônico, construído em apenas 18 meses.

“Nosso time de arquitetos buscou idealizar um projeto pensando detalhadamente nas características da edificação, da iluminação e ventilação naturais e na orientação dos ambientes”, explica o arquiteto responsável Mauricio Melara.

Com estilo arquitetônico contemporâneo, volumes de concreto, madeira e vidro organizam os ambientes sociais e íntimos da residência e estão distribuídos em três pavimentos: subsolo, térreo e primeiro andar.

No subsolo, estão garagem para seis veículos, área de serviços, reservatório de água, um depósito e um banheiro. O térreo ordena a entrada principal, as salas de estar, jantar e home theater, área gourmet com churrasqueira, cozinha, lavabos, academia e área de lazer composta pela piscina com deck e jardim particular. Todos os espaços do térreo se conectam diretamente com a piscina e com o paisagismo assinado pelo escritório.

Um volume de vidro liga os espaços da morada Foto: Celso Pilati 

Já no primeiro andar está a biblioteca, o escritório, ampla área de circulação e quatro suítes sendo que uma é máster. Ainda no pavimento, há poucas aberturas para a rua do condomínio e grandes panos de vidro que se abrem para a área de lazer.

“Criamos as volumetrias desse projeto no escritório brincando com a madeira, o concreto e o vidro. Isso permitiu que pudéssemos estudar as formas e concretizá-las”, pontua o arquiteto.

Todos os espaços da casa estão voltados para o jardim e para a piscina. Além disso, os arquitetos exploraram a integração entre os ambientes internos e externos, conferindo ventilação cruzada que faz a renovação do ar e proporciona ambientes naturais e aconchegantes.

A piscina foi revestida com pedras Hijau que se distinguem pelos tons de verde. Durante o dia, as pedras compõem harmonicamente com o paisagismo de espécies tropicais e, à noite, seu tom azulado é realçado por luzes artificiais.

Os materiais explorados foram a madeira, presente nos revestimentos das paredes e no mobiliário, o concreto e o vidro nos volumes. Além de conferir transparência nos espaços, o vidro garante conforto térmico e acústico.

O projeto luminotécnico aliou a iluminação artificial com a natural, gerando mais conforto aos moradores e baixo consumo de energia. O escritório respeitou a luz solar direta nos interiores, estabelecendo luzes pontuais em locais onde o revestimento de madeira escurece o ambiente, equilibrando a iluminação natural e a artificial.

Totalmente discreta, a fachada não possui grandes aberturas para a rua. O grande volume de madeira se equilibra visualmente sobre a empena de concreto e sobre os brises horizontais. Ademais, o grande volume de madeira da fachada se estende até os fundos do terreno.

Veja outras casas na Galeria da Arquitetura:

Casa E+N, por ib22 Arquitetos

Residência Marubá, por Padovani Arquitetos

Casa Güths, por ArqBr Arquitetura e Urbanismo

Escritório

MMA Studio3 projeto(s)

Local: PR, Brasil
Início do projeto: 2017
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 878

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

    Slideshow Desenhos e plantas

    Ficha Técnica

    Exibir mais itens

    Receba gratuitamente os Boletins e
    Informativos da Galeria da Arquitetura.

    (55 11) 3879-7777

    Fale conosco Anuncie

    Outros produtos da e-Construmarket

    novidades fechar
    Receba o boletim da
    Galeria da Arquitetura
    veja um exemplo